Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Reflexão’ Category

Reflexão

Escrever é recriar a vida.

Cora Coralina

Anúncios

Read Full Post »

Reflexão

A história é testemunha do passado, luz da verdade, vida da memória, mestra da vida, anunciadora dos tempos antigos.

Cícero

Read Full Post »

Reflexão

“O Congresso Nacional passa pela crise de respaldo ético em sua atuação. Causa-nos também particular preocupação a existência de fortes indícios de corrupção em setores da Justiça, com a investigação de Magistrados e Procuradores a respeito da prática de ilícitos, o que pode propiciar a impunidade e a perda de confiança do povo.


Urge uma Reforma Política que fortaleça a democracia direta e participativa, aperfeiçoe a democracia representativa e favoreça maior transparência do Poder Judiciário. Convidamos nossas comunidades eclesiais a participarem deste processo, conhecendo as propostas em questão, manifestando-se junto aos parlamentares, para que a Reforma Política se torne realidade.”


Fonte: Declaração sobre o Momento Político Nacional, da CNBB.

Read Full Post »

Reflexão

154

Não ter pressa

para acreditar,

nem para querer.

 

Percebe-se a maturidade pela demora em acreditar. A mentira é comum; que o acreditar seja incomum. Conclusões apressadas levam facilmente ao engano. Contudo, não duvide abertamente da veracidade dos outros. Ao tratar alguém como mentiroso, ou afirmar que ele foi enganado, seria descortês e afrontoso. Há uma desvantagem ainda maior: não acreditar nos outros sugere que nós mesmos não somos merecedores de crédito. O mentiroso sofre duas vezes: nem acredita, nem é acreditado. Os sensatos retardam o julgamento sobre o que ouvem. E não têm pressa no querer, tampouco. Aconselha-nos um autor(*): Mente-se com palavras, mas também com ações, e o último tipo de logro causa dano maior.

 

Nota: (*) Cícero

 

Baltasar Gracián, A Arte da Prudência.

Read Full Post »

Um belo exemplo…

Em toda a França o Go é praticado com organização e idealismo. Você não acredita? Pois clique sobre a imagem e acesse o site da Federação Francesa de Go. Clique sobre um departamento (todos são numerados) e tire a “prova dos noves”…

Por que não conseguimos organizar a prática do jogo de Go no Brasil? É falta de recursos? Não existem praticantes em número suficiente para a criação de núcleos estaduais (clube, associação, etc)? A divulgação da prática de Go fica comprometida pela carência de bibliografia? Disputa de “Egos” e tolas vaidades? Não comprometimento dos jogadores para o desenvolvimento do goísmo brasileiro? Jogar, jogar, jogar… o importante é jogar? Impedimentos sócio-culturais? Falta de experiência administrativa? Não é importante desenvolver uma atividade goística organizada e responsável? O goísta brasileiro perdeu a sua capacidade de lutar e se organizar, pois sobreviver no país já é uma grande conquista? Tudo isso?

Pois é… fico refletindo… e observando as iniciativas isoladas e destemidas de alguns goístas idealistas. A maioria das iniciativas, no início, com grande potencial de realização… Começam motivadas, com vontade de construir algo e atingir os objetivos propostos… E aos poucos as iniciativa vão se desintegrando, aos poucos, dolorosamente… Motivos? Ah! São todos e nenhum.

Talvez, a sociedade brasileira esteja tão massificada, caótica, iludida pelo sonho do consumo e o imediatismo… que os seus integrantes perderam a capacidade de trabalhar em grupo por um ideal (não lucrativo…). “Afinal, temos que levar vantagem em tudo! Certo?” Será?

Cada um perdido em seu egocentrismo e esperando a morte chegar??? Dê seu recado Dom Rauzito…

Eu devia estar contente
Porque eu tenho um emprego
Sou um dito cidadão respeitável
E ganho quatro mil cruzeiros por mês

Eu devia agradecer ao Senhor
Por ter tido sucesso na vida como artista
Eu devia estar feliz
Porque consegui comprar um Corcel 73

Eu devia estar alegre e satisfeito
Por morar em Ipanema
Depois de ter passado fome por dois anos
Aqui na Cidade Maravilhosa

Ah! Eu devia estar sorrindo e orgulhoso
Por ter finalmente vencido na vida
Mas eu acho isso uma grande piada
E um tanto quanto perigosa

Eu devia estar contente
Por ter conseguido tudo o que eu quis
Mas confesso abestalhado
Que eu estou decepcionado

Porque foi tão fácil conseguir
E agora eu me pergunto “e daí?”
Eu tenho uma porção de coisas grandes
Pra conquistar, e eu não posso ficar aí parado

Eu devia estar feliz pelo Senhor
Ter me concedido o domingo
Pra ir com a família ao Jardim Zoológico
Dar pipoca aos macacos

Ah! Mas que sujeito chato sou eu
Que não acha nada engraçado
Macaco, praia, carro, jornal, tobogã
Eu acho tudo isso um saco

É você olhar no espelho
Se sentir um grandessíssimo idiota
Saber que é humano, ridículo, limitado
Que só usa dez por cento de sua cabeça animal

E você ainda acredita que é um doutor, padre ou policial
Que está contribuindo com sua parte
Para o nosso belo quadro social

Eu que não me sento
No trono de um apartamento
Com a boca escancarada cheia de dentes
Esperando a morte chegar

Porque longe das cercas embandeiradas que separam quintais
No cume calmo do meu olho que vê
Assenta a sombra sonora de um disco voador

Ah! Eu que não me sento
No trono de um apartamento
Com a boca escancarada cheia de dentes
Esperando a morte chegar

Porque longe das cercas embandeiradas que separam quintais
No cume calmo do meu olho que vê
Assenta a sombra sonora de um disco voador

(Ouro de Tolo, Raul Seixas – composição: Raul Seixas)

Read Full Post »

Reflexão


“Não devemos acreditar nos muitos que dizem que só as pessoas livres devem ser educadas, deveríamos antes acreditar nos filósofos que dizem que apenas as pessoas educadas são livres.”

Epicteto, filósofo romano e ex-escravo, Discursos.

Read Full Post »

Reflexão

“Por enquanto, a humanidade se mantém refém de pesquisas, investimentos e campanhas preventivas contra o HIV. Hoje, no Dia Internacional de Luta Contra a Aids, é de se fazer refletir uma das frases de Bill Gates. Sobre tanto dinheiro investido e tão pouco retorno sobre uma vacina eficaz, o dono da Microsoft foi prático e racional numa entrevista à revista alemã Focus Magazin: “Como é possível que se consiga decifrar o genoma humano, mas não se encontre uma vacina para a malária ou a aids?”. “
(Leia “A feminilização da aids“, de Raimundo de Moraes, publicado em Brasil Wiki!. )

Nota: O Dia Mundial de Luta Contra a Aids, 1º de dezembro, foi instituído em 1988 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como uma data simbólica de conscientização para todos os povos sobre a pandemia de Aids. (Fonte: http://www.aids.gov.br)

Read Full Post »

Older Posts »