Feeds:
Posts
Comentários

Archive for junho \03\UTC 2007

Seu adversário armou uma escada (shicho)?

Não insista tentando escapar. Cada pedra colocada na escada, na tentativa de fugir, vale mais ou menos sete pontos para o adversário. E ainda desenvolve a espessura (atsumi) da posição inimiga.

Diagrama 1

 

Nota Técnica

A escada, assim como a rede (gueta) é uma técnica de captura. A escada estando armada não permite a fuga da pedra (das pedras) envolvida pelas pedras que a formam. O diagrama 1 apresenta uma típica formação de escada. Triângulos e a marca “X” indicam o caminho da escada. As duas diagonais marcadas com triângulo são as diagonais externas da escada. E as quatro diagonais marcadas com “X” as diagonais internas.

A escada pode ter diversos formados. Procure estudar bem essa técnica e tente reconhecer o aparecimento da escada nas partidas que jogar ou reproduzir. Aguarde o momento oportuno para tentar destruir a escada. Como? Jogando uma pedra no caminho da escada. O lance é chamado de quebra-escada (shicho-atari). Qual o momento certo? Quando o adversário tiver que decidir entre: capturar o material aprisionado na escada e combater as ações táticas potenciais do lance quebra-escada (ou as conseqüências de uma batalha de Ko – se o quebra-escada for jogado durante uma batalha). 

Pense também na possibilidade de sacrificar a pedra (as pedras) ameaçada (s) pela escada.

 

Foi você quem armou a escada? 

Fique atento ao quebra-escada. Quando é jogado nas diagonais internas, é fácil perceber a intenção do adversário. Porém se ele jogar nas diagonais externas e você não estiver atento: pode criar a ilusão de ter jogado fora do caminho da escada! Se você perseguir as pedras defendidas já pelo quebra-escada… Terá grandes perdas. Inclusive pode perder a partida! 

Atenção especial para as propriedades especiais da segunda linha e do canto. Elas podem atuar sobre caminho da escada e, consequentemente, no resultado final da escada. 

E nunca é demais recordar: 

“A captura é um meio para aumentar os territórios próprios e destruir as posições do adversário. A captura não é um fim.” Pois o objetivo do jogo de Go é cercar território e não capturar pedras. 


Bibliografia
An-Po, Ambrosio Wang. El Cercado – Un Milenario y Fascinante Juego Chinio; versão eletrônica de Luis E. Juan, PDF eBook, 2004.
Clavell, Jose Antonio Andujar e Del Rio, Juan Carlos. El Juego del Go, 2004, PDF eBook.
Dörholt, Winfried. El juego de tablero japonés Go, 1995,Tropical Soft S.A., Havana, Cuba, DOC eBook.
Pernía, Horacio A. Go para Principiantes, PDF eBook.
Instituto de Cultura Oriental – Cuadernillo de Go, 2. Técnicas de captura, PDF eBook.


Referência Web

http://www.gobr.org
http://gobase.org
http://senseis.xmp.ne

Read Full Post »